Confira a crônica do advogado e escritor Sílvio Lopes: Sílvio. O Contrito

Sílvio mal amanhece. É de seu costume “mastigar” repetidas vezes. Remoer os desencantos de uma vida incompleta. “Ruminar” pensamentos antigos. Faz isso, sobre um outeiro, montículo importante onde busca a…

Continuar lendo Confira a crônica do advogado e escritor Sílvio Lopes: Sílvio. O Contrito

Confira a crônica do advogado e escritor Sílvio Lopes:Entre versos e homens

Versos diminutos, frases pequenas e um homem. Todos apoucados, insuficientes. Essa beligerância das almas se oculta na ponta de uma caneta estrangeira. Por certo, não são nada serenos. Tudo possui…

Continuar lendo Confira a crônica do advogado e escritor Sílvio Lopes:Entre versos e homens

Confira a crônica do advogado e escritor Sílvio Lopes: A culpa foi do Jardim-Epílogo

Me disseram que Fernando se equivocou. E nem sou de mestrança que valha discordar. Tudo foi interrompido. Não houve começo de qualquer espécie. Procrastinou-se ao máximo prá dizer que Vinicius…

Continuar lendo Confira a crônica do advogado e escritor Sílvio Lopes: A culpa foi do Jardim-Epílogo

Confira a poesia do escritor e advogado Silvio Lopes: Estendal

Duas toalhas no varalSecam suas almasUma banheira velhaUm telhado de vidroComputador ligadoVozes estateladas no chãoCoração partido. Sílvio Lopes de Almeida NetoJulho 02, 2020 Escritor e advogadoInstagram: @silvioadvcrimFoto: divulgação

Continuar lendo Confira a poesia do escritor e advogado Silvio Lopes: Estendal