Dr. Daniel Gomes deixa delegacia de Conselheiro Lafaiete e é transferido para Santos Dumont

Dr. Daniel Gomes deixa delegacia de Conselheiro Lafaiete e é transferido para Santos Dumont

Após sete anos, o delegado titular da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio e Antidrogas de Conselheiro Lafaiete, Daniel Gomes de Oliveira se despede de Lafaiete para um novo desafio na cidade de Santo Dumont.

O delegado, tomou conhecimento de sua transferência  na sexta-feira, dia 16 de outubro.

Dr Daniel esteve como titular da Delegacia de Crimes contra Patrimônio e Antidrogas há quase oito anos

Designado em março de 2013, dr Daniel ficou conhecido pelo seu comprometimento e produtividade, nos casos por sua equipe apurados.  Ele esteve à frente de casos, prisões de suspeitos  e soluções  de crimes  de grande repercussão nacional. Em entrevista  ao Minas Informa, ele relembrou alguns dos casos de destaque:

Caso João Miguel

Um dos casos de maior impacto foi a prisão de Mateus Leroy, pai do garotinho João Miguel. Mateus fugiu  para a Bahia após se apropriar do dinheiro arrecadado para o tratamento do próprio filho. O caso foi resolvido em 10 dias, desde que a equipe recebeu a notícia até à prisão dele em Salvador.

Prisão de Mateus Leroy

Casos Sonally e assassinato do assessor do deputado

 A promotora de eventos Sonally  foi presa pela equipe, em Belo Horizonte. Ela  ficou foragida durante três anos depois de causar  prejuízos a formandos e noivos da cidade e região.

 A equipe do delegado também solucionou  o caso dos homens que mataram Luiz Catarino, o assessor do deputado estadual Glaycon Franco.

Caso Sonally
Entre os casos que também tiveram atuação do delegado estão : a prisão da tabeliã acusada por corrupção em Conselheiro Lafaiete; caso da advogada mineira acusada de ter desviado dinheiro de clientes.

 O  primeiro caso do delegado foi um latrocínio cometido em uma lanchonete, em 2013. O assassinato do jovem Rodrigo Augusto de Castro, 28 anos, que  causou grande comoção popular. Os dois autores do crime foram presos em favelas de Belo Horizonte.

Reconhecimento

 Em 2017, dr Daniel foi homenageado pelo Poder Judiciário, com a Medalha Desembargador Hélio Costa. A honraria foi entregue numa solenidade no Fórum dr. Assis Andrade, presidida pelo diretor do Foro da Comarca, Juiz de Direito Paulo Roberto da Silva.

Na época, o delegado afirmou a importância na parceria entre a Polícia Civil, Ministério Público, Poder Judiciário e Polícia Militar.

Em 2016, Daniel recebeu  o título de Cidadão Honorário de Conselheiro Lafaiete.

Agradecimento

Já de partida, o delegado fez um agradecimento especial à população e à imprensa lafaietense, em um áudio enviado ao site Minas Informa: “Agradeço à sociedade em geral e também aos amigos da imprensa, que foram parceiros e esteve ao nosso lado desde o dia em que cheguei, divulgando nosso trabalho, mostrando à população o quanto a polícia trabalha”. Muito obrigada por tudo!

Minas Informa

A direção do Minas Informa, agradece ao dr Daniel pelo respeito e parceria com a imprensa. Sua dedicação e comprometimento em resolver os casos dos mais relevantes ao de menos destaque sempre foram referências.  Que você tenha sucesso nesta nova empreitada. Obrigada mais uma vez, pela parceria, dedicação e confiança  ao trabalho da imprensa. Tenha certeza que sua equipe contribuiu muito para a nossa sociedade. Sucesso!

Fotos: Reprodução Fato Real e Internet

Deixe uma resposta