Mais de três anos após tragédia, bombeiros encontram crânio e outros segmentos em Brumadinho

Mais de três anos após tragédia, bombeiros encontram crânio e outros segmentos em Brumadinho

A descoberta aconteceu na quinta-feira (15). Os trabalhos fazem parte das buscas pelas quatro vítimas que seguem desaparecidas. O rompimento da barragem da Vale matou 270 pessoas em janeiro de 2019.

O Corpo de Bombeiros encontrou um crânio durante as buscas pelas quatro vítimas que seguem desaparecidas, após o rompimento da barragem do Córrego do Feijão, que aconteceu no dia 25 de janeiro de 2019, em Brumadinho, Região Metropolitana de Belo Horizonte. A descoberta aconteceu no dia 15 de setembro.

Segundo os bombeiros, o crânio apresenta parte da arcada dentária. De acordo com a equipe que atua nas buscas, após uma nova escavação foram encontrados cinco segmentos e uma ossada incompleta.

Quatro vítimas seguem desaparecidas:

  • Cristiane Antunes Campos
  • Maria de Lurdes da Costa Bueno
  • Nathalia de Oliveira Porto Araújo
  • Tiago Tadeu Mendes da Silva

Deixe uma resposta