Flamengo inicia disputa com Vélez por vaga na final da Libertadores

Flamengo inicia disputa com Vélez por vaga na final da Libertadores

Duelo em Buenos Aires será transmitido às 21h30 na Rádio Nacional

Para chegar à terceira final de Libertadores em quatro temporadas, o Flamengo terá pela frente o Vélez Sarsfield (Argentina) e o jogo de ida da semifinal será às 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (31), no estádio José Amalfitani, na capital hermana Buenos Aires. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e reportagem de Bruno Mendes. O segundo jogo será na próxima quarta-feira (7), no Maracanã, também às 21h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O Rubro-Negro carioca chega ao confronto com a melhor campanha geral da Libertadores. São nove vitórias e um empate em 10 partidas, totalizando 28 pontos, com 26 gols marcados e sete sofridos. Os triunfos sobre o Corinthians, nas quartas de final, fizeram o Flamengo ultrapassar a pontuação do Palmeiras (26), que perdeu os 100% de aproveitamento que tinha até as oitavas ao empatar os dois duelos com o Atlético-MG, na fase anterior, avançando nos pênaltis.

O Vélez, por sua vez, ganhou cinco vezes, empatou três e perdeu outras duas. A equipe passou sufoco na primeira fase, após somar apenas um ponto nas três rodadas iniciais, mas reagiu com sete pontos nas três partidas seguintes, classificando-se na segunda vaga do Grupo C, deixando Nacional (Uruguai) e Red Bull Bragantino para trás. No mata-mata, saiu de campo vitorioso em três dos quatro jogos, com uma igualdade. Nas quartas, o El Fortín (como o time é conhecido) eliminou o também argentino Talleres, ganhando dentro (3 a 2) e fora (1 a 0) de casa.

Por conta de incidentes no duelo de ida contra o Talleres, parte do Estádio José Amalfitani (que tem capacidade para quase 50 mil pessoas) foi interditado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). O setor Platea Sur Alta –  ou “superior sul”, na tradução livre do espanhol – tem capacidade para pouco mais de seis mil torcedores. O clube anunciou que os ingressos colocados à venda para os demais locais do estádio estão esgotados. A expectativa é de aproximadamente 44 mil aficionados nas arquibancadas nesta quarta (31).

Para chegar à terceira final de Libertadores em quatro temporadas, o Flamengo terá pela frente o Vélez Sarsfield (Argentina) e o jogo de ida da semifinal será às 21h30 (horário de Brasília) desta quarta-feira (31), no estádio José Amalfitani, na capital hermana Buenos Aires. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e reportagem de Bruno Mendes. O segundo jogo será na próxima quarta-feira (7), no Maracanã, também às 21h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O Rubro-Negro carioca chega ao confronto com a melhor campanha geral da Libertadores. São nove vitórias e um empate em 10 partidas, totalizando 28 pontos, com 26 gols marcados e sete sofridos. Os triunfos sobre o Corinthians, nas quartas de final, fizeram o Flamengo ultrapassar a pontuação do Palmeiras (26), que perdeu os 100% de aproveitamento que tinha até as oitavas ao empatar os dois duelos com o Atlético-MG, na fase anterior, avançando nos pênaltis.

O Vélez, por sua vez, ganhou cinco vezes, empatou três e perdeu outras duas. A equipe passou sufoco na primeira fase, após somar apenas um ponto nas três rodadas iniciais, mas reagiu com sete pontos nas três partidas seguintes, classificando-se na segunda vaga do Grupo C, deixando Nacional (Uruguai) e Red Bull Bragantino para trás. No mata-mata, saiu de campo vitorioso em três dos quatro jogos, com uma igualdade. Nas quartas, o El Fortín (como o time é conhecido) eliminou o também argentino Talleres, ganhando dentro (3 a 2) e fora (1 a 0) de casa.

Por conta de incidentes no duelo de ida contra o Talleres, parte do Estádio José Amalfitani (que tem capacidade para quase 50 mil pessoas) foi interditado pela Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol). O setor Platea Sur Alta –  ou “superior sul”, na tradução livre do espanhol – tem capacidade para pouco mais de seis mil torcedores. O clube anunciou que os ingressos colocados à venda para os demais locais do estádio estão esgotados. A expectativa é de aproximadamente 44 mil aficionados nas arquibancadas nesta quarta (31).

O Flamengo tem força praticamente máxima à disposição. Entre os relacionados pelo técnico Dorival Júnior, a única ausência é o atacante Marinho, que já havia desfalcado a equipe no último domingo (28), na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, no Rio de Janeiro, pelo Campeonato Brasileiro, por estar febril. O zagueiro David Luiz, que foi diagnosticado com hepatite viral, mas está em reta final de recuperação, foi convocado para o duelo na Argentina, mas não tem presença garantida entre os titulares.

Se repetir a formação que vem utilizando nas Copas, Dorival deve escalar o Rubro-Negro com Santos; Rodinei, David Luiz (Fabrício Bruno), Léo Pereira e Filipe Luís; Thiago Maia, João Gomes, Everton Ribeiro e Giorgian de Arrascaeta; Pedro e Gabriel “Gabigol” Barbosa. 

No Vélez, que é dirigido por Alexandre “Cacique” Medina, ex-técnico do Internacional, o desfalque é o meia Máximo Perrone, com uma lesão no tórax. Focado na Libertadores, o El Fortín poupou titulares no último domingo, ao empatar por 1 a 1 com o Independiente no estádio Libertadores de América, em Avellaneda, pelo Campeonato Argentino. A equipe faz péssima campanha no torneio, ocupando a penúltima posição, entre 28 clubes, com 12 pontos em 16 rodadas.

A provável escalação do time argentino nesta quarta terá: Lucas Hoyos, Leonardo Jara, Matías de los Santos, Valentín Gómez e Francisco Ortega; Santiago Cáseres, Nícolas Garayalde, Luca Orellano e Lucas Janson; Walter Bou e Lucas Pratto.

É a segunda edição seguida de Libertadores que Flamengo e Vélez se encaram. No ano passado, os duelos foram na primeira fase, com vitória rubro-negra por 3 a 2 em Buenos Aires e um empate sem gols no Maracanã. Dos titulares na partida em solo carioca, a última entre eles, o goleiro Diego Alves, o lateral Filipe Luís, o zagueiro Gustavo Henrique, os meias Diego, Arrascaeta e Everton Ribeiro e os atacantes Gabriel Barbosa e Bruno Henrique seguem no elenco. Os volantes Gerson e Willian Arão e o lateral Mauricio Isla deixaram o clube.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Fonte Agência Brasil

Deixe um comentário