Trilhas de Futuro chega à 4ª edição com a confiança dos mineiros

Trilhas de Futuro chega à 4ª edição com a confiança dos mineiros

Spread the love

Projeto do Governo de Minas Gerais oferece a oportunidade de formação técnica para jovens do estado e mão de obra qualificada para as empresas

O Governo de Minas investe na qualificação profissional da população para garantir a entrada no mercado de trabalho e atender a demanda das empresas, fazendo, assim, com que a economia no estado avance. Na linha de frente das iniciativas que garantem esse fluxo está o Trilhas de Futuro, que chegou à 4ª edição em 2023 e está consolidado no estado.

Uma pesquisa feita pelo Instituto Datatempo mostra que quase 83% dos mineiros que conhecem o Trilhas de Futuro consideram o projeto eficaz na geração de empregos. A iniciativa já foi apresentada pelo Estado em eventos no Brasil e em outros países.

Lançado em 2021 pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Educação (SEE-MG), o Trilhas de Futuro ampliou a disponibilidade de cursos técnicos em Minas Gerais. O projeto é voltado para jovens do ensino médio da rede estadual, mas há vagas residuais que podem ser distribuídas para alunos da rede municipal, particular e quaisquer outras pessoas interessadas em participar.

Para a aplicação dos cursos, o governo faz parcerias com instituições públicas e privadas que destinam vagas aos alunos do projeto. Esses locais já possuem a estrutura e expertise para oferecer a qualificação. Após a inscrição e seleção, os novos estudantes vão frequentar as aulas gratuitamente. Eles recebem o material sem custo, e ainda contam com auxílio-alimentação e transporte como apoio para que concluam a formação.

Desde o início do projeto, o Estado já investiu cerca de R$ 1 bilhão no Trilhas de Futuro. Até o momento, cerca de 145 mil pessoas já foram atendidas, entre estudantes matriculados ou já formados. São mais de 80 opções de formação profissional em 133 municípios.

Outro diferencial é que a oferta de cursos varia conforme as necessidades da região em que serão oferecidos. Nesse processo, é feito um mapeamento das empresas instaladas nas comunidades – que são consultadas sobre a necessidade de mão de obra, além das oportunidades que podem surgir de companhias que estão se instalando no estado, e também da demanda por empregabilidade em cada município.

Dessa forma, o catálogo de cursos é bastante variado. Nesta quarta edição, cujas inscrições regulares já foram encerradas, serão oferecidos cursos de metalurgia, radiologia, manutenção de máquinas industriais, edificações, gastronomia, enfermagem, estética, contabilidade, farmácia, design de moda, entre outros. Foram cerca de 50 mil vagas oferecidas em instituições credenciadas para ministrar os cursos técnicos em Minas Gerais.

O apoio oferecido pelo Governo do Estado aos jovens não termina com a conclusão do curso. Há iniciativas implementadas para facilitar o ingresso dos novos profissionais técnicos no mercado de trabalho.

Uma delas é o painel de oportunidades Talentos da Educação. Disponível no site do projeto Trilhas de Futuro, de forma gratuita e unificada, ele é destinado aos empregadores e tem como objetivo aumentar a visibilidade dos estudantes. Na página, as empresas têm acesso a um catálogo com as instituições que participam do Trilhas de Futuro, o número de estudantes matriculados, em quais cursos, quais deles exigem estágio obrigatório, e a previsão de conclusão das qualificações técnico-profissionais.

Em 2023, Minas Gerais também fez uma parceria com o Um Milhão de Oportunidades (1Mio), liderado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), também com o objetivo de ampliar as possibilidades para quem está no Trilhas de Futuro.

O objetivo da plataforma digital Um Milhão de Oportunidades para o Futuro – Minas Gerais (1MiOMG) é facilitar a transição dos alunos e egressos do projeto para uma vaga de trabalho, enquanto incentiva a iniciativa privada a incluir os novos profissionais no mercado por meio de vagas de aprendizagem, estágio e emprego. Por meio de cadastro, a plataforma faz a ponte entre os jovens e as empresas interessadas em contratá-los.

Trilhas de Futuro Educadores

Ainda na mesma linha, o Governo de Minas Gerais também investe na qualificação dos profissionais da Educação. Para isso, em 2022, foi criado o Trilhas de Futuro Educadores, que oferece oportunidades para os docentes ingressarem em cursos de pós-graduação também em instituições públicas e particulares de ensino superior no estado.

São cursos de aperfeiçoamento e pós-graduação nas modalidades lato sensu (especialização/MBA) e stricto sensu (mestrado e doutorado). As formações são oferecidas na modalidade educação a distância (EaD) ou de acordo com a programação dos locais.

Fonte Jornal O Tempo


Spread the love

Deixe um comentário