Seleção de residentes da Fhemig será feita em nível federal

Seleção de residentes da Fhemig será feita em nível federal

Fundação adere ao Exame Nacional de Residências (Enare), criado pela União. Inscrições começam nesta quarta-feira (20/10)

A Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig) é uma das 81 instituições que aderiram ao Exame Nacional de Residências (Enare), criado recentemente pelo governo federal. O processo seletivo de 2021 será organizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), órgão vinculado ao Ministério da Educação.

As inscrições serão abertas aos candidatos às residências médicas e multiprofissionais no dia 20/10. A inscrição no processo pode ser feita, até 8/11/2021, neste link, onde também estão detalhadas as informações dos editais.

Residência médica na Fhemig

A Fhemig é uma das principais formadoras de profissionais do país, contribuindo para a qualificação da assistência no Sistema Único de Saúde (SUS) e, consequentemente, para atender às necessidades da população brasileira.

A formação dos residentes segue as normas do Ministério da Educação. Durante o programa, esses profissionais atuam sob a orientação de preceptores de elevada qualificação ética e técnica, em diversos campos de prática que fornecem oportunidade de aprendizado, dada a diversidade e a complexidade do atendimento assistencial prestado nas unidades da Fundação.

Atualmente, a Fundação oferece 56 programas de Residência Médica credenciados pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), em 21 especialidades e 18 áreas de atuação, além de 1 ano adicional em Ortopedia e Traumatologia, distribuídas por 13 unidades assistenciais, na capital e no interior do estado. Já na Residência Multiprofissional, são, ao todo, 6 programas em 4 áreas diferentes de atuação.

Enare

Serão oferecidas 3,2 mil vagas esse ano pelo Enare, em todo o país. O sistema de classificação é muito próximo ao Enem/Sisu, em que o candidato sai com a nota alcançada na especialidade escolhida após as provas e a utiliza para indicar onde pretende atuar. O sistema fica aberto por um tempo determinado para que cada candidato registre o local de sua preferência. As melhores notas se sobrepõem às menores, determinando, ao fechar, quem ocupará as vagas. Em seguida, ele é aberto novamente para preencher as vagas ociosas e para a formação de cadastro reserva, reduzindo muito a possibilidade de deixar vagas ociosas.

Fonte Agência Minas

Deixe um comentário