Mulher é detida suspeita de assassinato de idoso

Mulher é detida suspeita de assassinato de idoso

No final de segunda-feira (17), uma equipe da Polícia Militar recebeu informações via rede rádio de um suicídio ou homicídio no Bairro Nova Cidade, em Barbacena. No local, os militares se depararam com a vítima, um homem de 63 anos, caída em decúbito dorsal com uma faca encravada em seu peito, já sem os sinais de vida. O local foi preservado e isolado e a PM iniciou diligências para descobrir o que aconteceu. Foram recebidas informações de que uma mulher havia sido vista saindo do local do crime correndo, trajando body de cor preta e calça camuflada nas cores verde, preto e marrom. Os militares conseguiram o nome da suspeita, 30 anos, e que ela seria usuária de drogas. A equipe PM iniciou rastreamento e encontrou a suspeita na residência de um conhecido no Bairro Ipanema escondida dentro de um guarda-roupas. Ao ser entrevistada, ela demonstrou bastante nervosismo e inquietação, passando a dar versões divergentes sobre os fatos. Num primeiro relato, ela disse que foi na residência da vítima onde os dois tomaram cerveja e mantiveram relações sexuais e após receber R$ 50,00, foi embora. Depois ela disse que não teria dado facadas na vítima, antes mesmo da equipe falar sobre isso despertando mais suspeitas. Uma testemunha relatou que a mulher chegou na casa por volta das 14 horas muito nervosa dizendo que iria sumir de Barbacena por um tempo e que, se alguém procurasse por ela, era para dizer que ela não estava. Diante dos fatos, a mulher foi conduzida para a Base de Setor 03 da PMMG onde acabou assumindo a autoria do latrocínio, passando a relatar que teria deslocado até a residência da vítima com a intenção de conseguir dinheiro. Ela contou que, após terem trocados alguns momentos de carícia, a vítima disse que estava interessada na filha da autora e eles começaram a discutir. A vítima começou a agarrar a autora e ela, muito nervosa, agrediu o homem na cabeça com uma garrafa térmica. Quando ele caiu no chão, ela pegou uma faca e desferiu duas facadas em seu peito, sendo que na segunda, a faca ficou enterrada até o cabo. Após o fato, ela roubou da vítima a quantia de R$ 50,00, deixando o local rapidamente e passou numa vendinha próxima, onde gastou parte do dinheiro. Em seguida, foi para a residência de um conhecido onde permaneceu até a chegada das equipes policiais. A mulher foi presa em flagrante por roubo consumado com resultado morte (latrocínio) e conduzida para a Delegacia.

Deixe uma resposta