Lafaiete: livro Menino Marrom, de Ziraldo gera polêmica e Secretaria de Educação esclarece posicionamento

Lafaiete: livro Menino Marrom, de Ziraldo gera polêmica e Secretaria de Educação esclarece posicionamento

Spread the love

A Secretaria Municipal de Educação de Conselheiro Lafaiete emitiu uma nota de esclarecimento sobre a polêmica gerada em torno do  livro “Menino Marrom”, obra infantil escrita por Ziraldo e publicada em 1986. Reconhecido por sua abordagem sensível e poética, o livro trata de temas sociais como diversidade racial.

O esclarecimento veio após  interpretações ambíguas recentemente surgidas em relação ao livro, o que motivou a decisão de suspender temporariamente as atividades relacionadas ao mesmo. Esta medida visa readequar a abordagem pedagógica, assegurando que os temas abordados sejam compreendidos de maneira apropriada e sem equívocos. A decisão reflete o compromisso da Secretaria em promover um diálogo

Nota de Esclarecimento

O “Menino Marrom” é um livro infantil escrito por Ziraldo, conhecido autor brasileiro e publicado em 1986.

Uma das principais obras infantis a abordar os temas sociais, aborda de forma sensível e poética temas como diversidade racial, preconceito e amizade. A história é centrada em dois personagens principais: o Menino Marrom e o Menino Branco, que, apesar de suas diferenças, desenvolvem uma amizade genuína e se divertem juntos.

O livro é um recurso valioso na educação, pois promove discussões importantes sobre respeito às diferenças e igualdade. Utilizando uma linguagem simples e ilustrações atraentes, Ziraldo consegue envolver as crianças e facilitar a compreensão de conceitos complexos como racismo e empatia.

Ao abordar esses temas desde cedo, “Menino Marrom” ajuda a construir uma base sólida para o desenvolvimento de atitudes positivas e inclusivas nas novas gerações.

Lamentamos que tenham havido interpretações dúbias acerca do mesmo e levando em conta nosso respeito aos pais e a comunidade escolar, a Secretaria Municipal de Educação de Conselheiro Lafaiete, diante das diversas manifestações e, divergência de opiniões, procedeu a solicitação de suspensão temporária dos trabalhos realizados sobre o livro “O MENINO MARROM”, do autor Ziraldo, a fim de melhor readequação da abordagem pedagógica evitando assim interpretações equivocadas

A Secretaria, em sua função de gestão e articulação entre escola e comunidade compreende ser necessário momento de diálogo junto aos responsáveis para que não sejam estabelecidos pensamentos precipitados e depreciativos em relação às temáticas abordadas.

A Secretaria reitera a qualidade das obras literárias contempladas em acervo bibliográfico de dimensão nacional, salienta que todo o planejamento pedagógico perpassa pelos documentos norteadores que regem a educação nacional e se baseia no desenvolvimento integral dos estudantes, prezando pela autonomia; entretanto, cabendo ao momento melhor análise e reflexão sobre o uso institucional da obra em questão.


Spread the love

Deixe um comentário