Gerdau direciona recursos para apoiar pessoas em situação de vulnerabilidade em Minas Gerais

Gerdau direciona recursos para apoiar pessoas em situação de vulnerabilidade em Minas Gerais

A Gerdau está apoiando 23 instituições sociais, localizadas em cinco cidades de Minas Gerais – cumprindo seu compromisso com as comunidades dos locais onde atua. A ação beneficia idosos, crianças e adolescentes, catadores de material reciclável e portadores de dependência química, que estão inseridos nos grupos de vulnerabilidade social, e que tiveram a situação agravada durante a pandemia da Covid-19.

Kits de limpeza, higiene pessoal e cestas básicas estão sendo doados para entidades em Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Itabirito, Ouro Branco e Ouro Preto. “A Gerdau está atuando em diversas frentes no combate à pandemia. Entre elas, no apoio às populações de maior vulnerabilidade em Minas Gerais, que tiveram sua situação agravada pela crise do novo coronavírus”, revela Wendel Gomes, Diretor de Mineração e Matérias-Primas da Gerdau.

Entre as instituições contempladas estão algumas associações de catadores de material reciclável, que contam com o apoio da ANCAT – Associação Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis. Segundo a agente de defesa ambiental da instituição em Minas Gerais, Maria das Graças Ferreira, a doação beneficia 70 famílias de catadores nessas cidades. “São mulheres, chefes de família, que tiveram sua fonte de sustento impactada e que precisam da colaboração concreta de parceiros como a Gerdau. Se o risco para as pessoas em isolamento social é grande, imagina para quem trabalhada na coleta, triagem e seleção de materiais para serem reciclados”, reforça.

Em Ouro Branco, o apoio também está beneficiando idosos atendidos pelo Lar Comunitário Frederico Ozanan. A associação atualmente oferece acolhimento para 32 pessoas, que devido à idade compõem o grupo de maior risco à doença do Covid-19. “A pandemia trouxe uma situação mais difícil para os idosos, com o isolamento social forçado. A ajuda é imprescindível para que o Lar possa continuar prestando serviços de atendimento especializado à sociedade”, reforça a coordenadora geral da instituição, Vanda Viana.

Veja a lista de instituições beneficiadas:

CidadeNome da instituição
CongonhasCasa de Convivência Dom Luciano
CongonhasCeamec – Centro de apoio ao menor de Congonhas
CongonhasAscacon – Associação dos catadores de materiais recicláveis
Conselheiro LafaieteLar de Maria
Conselheiro LafaieteLarmena – Lar do Menor Amparado
Conselheiro LafaieteAsilo Dr. Carlos Romeiro
Conselheiro LafaieteAsmarcol Associação de Catadores
Conselheiro LafaieteASCOL Associação de Catadores
Conselheiro LafaieteASCOPRE Associação de Catadores
ItabiritoCasa de repouso Santa Luzia de Marilac
ItabiritoAscito – Associação de Catadores Itabirito
ItabiritoReciclar – Associação de Catadores Itabirito
ItabiritoCasa do Adolescente
ItabiritoCasa Lar de Itabirito
Ouro BrancoLar Comunitário Frederico Ozanan
Ouro BrancoComunidade Terapêutica Bom Pastor 
Ouro BrancoAscob – Associação dos catadores de materiais recicláveis
Ouro BrancoAbrigo Institucional Estrela Dalva
Ouro PretoLar São Vicente de Paulo
Ouro PretoACMAR Associação de Catadores
Ouro PretoPadre Faria Associação de Catadores
Ouro PretoAbrigo Institucional I – Casa Lar
Ouro PretoAbrigo Institucional II – Adolescentes meninos

Deixe uma resposta