Bombeiros  atendem diversos chamados devido às fortes chuvas  em Barbacena

Bombeiros atendem diversos chamados devido às fortes chuvas em Barbacena

Spread the love

O Corpo de Bombeiros Militar de Barbacena atendeu diversos chamados devido às fortes chuvas que atingiram o município de Barbacena no início da tarde do dia 14 de novembro.

Dentre os atendimentos, dois salvamentos de pessoas ilhadas foram registrados no momento das fortes chuvas. O primeiro em via pública, na Avenida Governador Bias Fortes, foi realizado pela equipe do ASM, Sargento Wallace e Soldado Sávio.

No local, havia uma mulher de 38 anos e seu filho de dois anos, dentro de um veículo Pálio branco, que não conseguiam sair devido ao grande volume de água em torno do automóvel. Ambos foram retirados sem ferimentos e liberados no local.

Em seguida, a equipe do ABTS, Sargento Sheila e Soldado Coutinho, realizou o salvamento de outra pessoa ilhada, acamada, morador da Rua Presidente Raul Soares, bairro do Carmo.


Tratava-se de uma casa de 8 cômodos que foi invadida pela água da chuva. A enxurrada arrastou muita lama para o quintal e interior da mesma encharcando todos os móveis e atingindo uma marca de, pelo menos, 30 centímetros de altura dentro da casa e acúmulo de lama de espessura aproximada de 10 centímetros em seu quintal. Não houve vítimas, apenas danos materiais.

Ainda segundo a moradora, a Defesa Civil foi acionada e informou à solicitante que compareceria assim que possível.

Ainda nesta mesma data, no início da noite os militares da viatura ACA 0229, Sargento Wallace e Sargento Sheila, compareceram à Rua Demétrio Ribeiro, Santo Antônio, onde uma residência de três pavimentos cujo muro de arrimo situado na divisa dos fundos com o terreno superior desabou sobre seu quintal.

O desabamento do muro destruiu o abrigo do seu cão, sem comprometer a estrutura da residência, tendo em vista a distância da mesma. Segundo relatos da solicitante e seu marido, um possível entupimento da saída das águas pluviais provenientes dos terrenos superiores poderia ter feito com que ela acumulasse acima desta construção, provocando um peso excessivo seguido de desabamento deste.

A água não teve vazão para a rua, pois, sua saída seria pela porta de acesso no primeiro pavimento, porta essa que se encontrava fechada (não haviam moradores no momento).

Isso fez com que a água suja invadisse todos os 8 cômodos do segundo pavimento provocando danos em todos os móveis e amassando a porta de acesso à residência que teve seus vidros quebrados pelos proprietários quando lá chegaram no intuito facilitar o escoamento da água.

O alagamento dentro de casa deixou marcas nas paredes, móveis e eletrodomésticos de até 50 centímetros. Não houve vítimas, apenas danos materiais, sendo que a Defesa Civil do município também foi acionada pelo COBOM para comparecimento no local.

Ainda nesta data, os militares da viatura ASM 0255, Sargento Marcos e Soldado Sávio vistoriaram áreas de risco de desabamento/ desmoronamento, inúmeras árvores e realizaram corte de uma árvore caída sobre via pública, a qual obstruía por completo a estrada de acesso à Comunidade Lavrinha, Ponte do Cosme. Após esta ação, novas vistorias em árvores foram realizadas no município.


Spread the love

Deixe um comentário