A verdade sobre a apresentação de 3 orçamentos em caso de acidente de trânsito!

A verdade sobre a apresentação de 3 orçamentos em caso de acidente de trânsito!

Você acorda e obviamente seu primeiro pensamento é: “que belo dia para trabalhar!”.

Mas antes vamos ao café da manhã, mais especificamente à algumas xícaras de café para manter o bom humor matinal.

Pronto! Rotina matinal finalizada e você já está pronto para sair para trabalhar.

Você entra no seu carro, coloca sua música favorita para tocar e começa sua rota até seu trabalho.

A sua frente a um sinal que se fechou bem no momento em que seria sua vez de passar, mas tudo bem, sua música favorita está tocando, você já tomou café da manhã e não está atrasado, seu dia tem tudo para ser perfeito.

Até que…você sente seu carro balançando, seu corpo não resiste a inércia e você sente o impacto te jogando para frente e o cinto de segurança te mantém no lugar.

Nesse momento qualquer resquícios de sono acabou de sumir, mas parece que o motorista que está atras de você ainda estava um pouco sonolento e desatento e acabou não percebendo o sinal fechado a tempo, os freios não foram o suficiente para parar o carro e ele acabou se chocando contra a traseira do seu carro.

É, o dia acabou não sendo tão positivo como parecia que seria.

Ao descer do carro para conferir o estrago na parte traseira de seu carro, sua vontade é de gritar, mas o motorista que causou a batida logo fala:” não se preocupe, foi minha culpa! Vou pagar pelos danos, só me mandar os 3 orçamentos pelo meu número do WhatsApp”

Bom, a situação está melhor do que você pensou, pelo menos o motorista do outro carro reconheceu seu próprio erro, pois você seguiu todas a regras do Código de Trânsito Brasileiro, para os mais íntimos, CTN, já que você só freou, porque que o sinal estava vermelho para sua passagem.

Então, o motorista atrás de você deveria estar mais atento e guardar uma distância de segurança frontal do veículo a sua frente.

Mas naquele momento de clareza te surge uma dúvida: você tem mesmo que apresentar 3 orçamentos?

Seu carro é seu xodó, você não quer que ele vá para qualquer oficina que não seja a sua de confiança, mas se você apresentar 3 orçamentos, talvez o da sua oficina favorita não seja o mais barato.

Por isso o causador do acidente vai acabar escolhendo o mais barato e você teria que ficar com o resto do prejuízo monetário. Seria isso mesmo?

Vamos lá. Não necessariamente seria assim, a resposta mais simples é para essa questão é que depende de você.

Pois juridicamente falando, não há obrigatoriedade de se apresentar 3 orçamentos, você pode apresentar apenas um orçamento do local em que desejar, ou então apresentar mais de um orçamento.

Essa questão de apresentar 3 orçamentos virou um costume brasileiro para que a pessoa que causou o dano possa escolher entre os 3 valores apresentados.

Por isso depende de você qual orçamento ele vai pagar, se você apresentar mais de um orçamento, ele provavelmente vai escolher o mais barato.

Mas e se você apresentar só um orçamento e ele não quiser pagar?

Aí as coisas se complicam um pouco mais, pois claro que ele é terá que pagar pelo dano material que cometeu, mas por uma questão de boa-fé da sua parte você poderia ter apresentado mais de um orçamento.

Se com muita conversa entre vocês o problema não for resolvido, será necessário uma ação judicial, mas lembre-se, o causador do dano pode apresentar um outro orçamento dentro do processo judicial e o juiz acabar obrigando ele ao pagamento do mais barato.

Claro que apesar de não ser obrigatório a apresentação de 3 orçamentos, o final dessa história vai depender de sua própria escolha.

Dra. Lílian Cristina Lopes Bandeira – OAB/MG 201.653

Dra. Maria Victória de Oliveira R. Nolasco OAB/MG 207.251

Lopes & Nolasco Advocacia

Contato: (31) 9 8540-7901 / (31) 9 9431-5933

lopesenolasco.advocacia@gmail.com

@lopesenolasco.advocacia

Rua Dr. Melo Viana, nº 126, primeiro andar, sala 105, Centro – Conselheiro Lafaiete – MG.

Deixe um comentário